Marketing para Médicos

Marketing Médico: O que é e como fazer? Aprenda a cuidar de uma clínica médica

|

Descubra o que é e como realizar o marketing digital de uma clínica médica. Descubra como aumentar e fidelizar novos clientes por meio de ferramentas, técnicas e conhecimentos testados no mercado digital.

Entenda como estratégias de Tráfego Pago, SEO, mídias sociais, marketing local e outras podem impulsionar a aquisição de novos pacientes. Deixe os novos clientes descobrirem o seu serviço por meio da internet nas novas mídias.

O que é marketing digital?

A ascensão da internet modificou para sempre o mercado de consumo, com as compras e pesquisas online por produtos e serviços crescendo exponencialmente. Neste contexto, o marketing digital surgiu, impulsionando negócios por meio das novas mídias e plataformas de anúncio.

O marketing, que era anteriormente direcionado às grandes massas por meio da mídia tradicional, passou a ser cada vez mais personalizado e focado nos interesses dos potenciais clientes. 

O marketing digital é caracterizado pela utilização de dados pessoais e gerais para o direcionamento de campanhas, que têm normalmente como objetivo realizar vendas ou aumentar a visibilidade e faturamento de uma marca ou instituição.

Uso de dados

O uso de dados é um dos pilares do marketing na internet. Por meio dos dados, informações e padrões que estamos fornecendo às empresas big tech, o marketing pode se tornar muito mais eficiente.

Por exemplo, imagine que alguém está com dores nas articulações e que ela vá ao Google e pesquise por: “médico ortopedista na minha cidade”. Neste caso, a intenção do usuário é clara. Ele está buscando ou avaliando a possibilidade de contratar o serviço de um médico para resolver o seu problema.

Neste contexto, por meio desta busca, é possível direcionar anúncios específicos para esta pessoa, seja durante a própria pesquisa no Google, ou em outros momentos enquanto ela estiver acessando sites, vídeos no YouTube ou redes sociais.

O marketing abrangente não está morto. Muito pelo contrário, o marketing de conteúdo não nichado ou direcionado ainda é um mercado gigantesco dentro e fora da internet. No entanto, como este é um texto focado em auxiliar clínicas médicas e profissionais da saúde, o conteúdo a seguir será focado em marketing digital para o nicho médico e área da saúde.

Você não precisa dominar o marketing digital

Se você é um profissional da saúde e seu objetivo é conseguir mais clientes por meio do marketing digital, você não precisa ser um especialista nesta área. Isso ocorre, pois há empresas especializadas em oferecer os melhores serviços de marketing para sua empresa, como a Jv Marketing Digital.

Clique no botão do Whatsapp e converse com um profissional do marketing digital.

Marketing para Médicos

Você é um médico ou um profissional da saúde que quer atrair mais pacientes e aumentar a sua reputação no mercado? Se a sua resposta é sim, então você precisa de uma estratégia de marketing eficaz e personalizada para o seu público-alvo.

O marketing para médicos e profissionais da saúde é diferente do marketing para outros segmentos, pois envolve questões éticas, legais e de confiança. Você não pode simplesmente promover os seus serviços como se fossem produtos comuns, mas sim demonstrar o seu valor, a sua credibilidade e a sua autoridade no seu campo de atuação.

Entre os médicos e profissionais da saúde mais comuns estão:

  • Clínicas médicas
  • Consultórios odontológicos
  • Hospitais
  • Laboratórios
  • Farmácias
  • Nutricionistas
  • Fisioterapeutas
  • Psicólogos
  • Educadores físicos
  • Terapeutas alternativos

Defina o seu público-alvo

Antes de iniciar qualquer ação de marketing, você precisa saber quem é o seu público-alvo, ou seja, quem são as pessoas que podem se interessar pelos seus serviços. Para isso, você pode fazer uma pesquisa de mercado, analisar os seus concorrentes e criar personas, que são perfis fictícios dos seus clientes ideais.

Ao definir o seu público-alvo, você pode responder algumas perguntas, como:

  • Qual a faixa etária dos meus pacientes?
  • Qual o gênero?
  • Qual a classe social?
  • Qual a região?
  • Quais são as suas dores, necessidades e desejos?
  • Quais são os seus hábitos e preferências?

Com essas informações em mãos, você pode planejar as suas estratégias de marketing de forma mais assertiva e personalizada. 

Crie um site profissional

O seu site é a sua vitrine na internet, por isso ele precisa ser bem feito, bonito e funcional. O seu site deve transmitir confiança, credibilidade e profissionalismo aos seus visitantes, além de oferecer informações úteis e relevantes sobre os seus serviços de saúde.

Algumas dicas para criar um site profissional são:

  • Escolha um domínio próprio, que seja fácil de lembrar e que tenha a ver com o seu nome ou o seu segmento.
  • Contrate uma hospedagem de qualidade, que garanta a segurança e a velocidade do seu site.
  • Utilize um design responsivo, que se adapte aos diferentes tamanhos de tela dos dispositivos móveis.
  • Tenha uma identidade visual coerente, que reflita a sua personalidade e a sua proposta de valor.
  • Crie páginas estratégicas, como a home, sobre, serviços, blog e o contato.
  • Facilite a navegação do usuário, com menus intuitivos, botões de chamada para ação e links internos.
  • Otimize o seu site para os mecanismos de busca, utilizando técnicas de SEO (Search Engine Optimization).

Produza conteúdo relevante

O conteúdo é uma das formas mais eficientes de atrair e engajar o seu público-alvo na internet. Ao produzir conteúdo relevante sobre temas relacionados à saúde, você pode educar, informar e entreter os seus potenciais pacientes, além de mostrar a sua autoridade e o seu conhecimento no seu campo de atuação.

Dentro do nicho de saúde, existem diversos tipos de conteúdos que podem ser produzidos, como artigos informativos sobre doenças, tratamentos e prevenção; vídeos educativos sobre hábitos saudáveis e dicas de bem-estar; podcasts com entrevistas e debates sobre temas atuais e polêmicos; infográficos com dados e estatísticas sobre saúde; ebooks com guias e manuais sobre assuntos específicos; webinars com palestras e workshops online; e muito mais.

Uma das formas de escolher o melhor tipo de conteúdo é analisar as necessidades, as dúvidas e os interesses do seu público-alvo, além de estudar o que está dando certo para os seus concorrentes. Você também pode usar ferramentas como o Google Trends, o Ubersuggest e o Answer The Public para descobrir quais são os assuntos mais buscados e comentados na internet sobre saúde. 

Esteja presente nas redes sociais

As redes sociais são canais indispensáveis para qualquer estratégia de marketing digital, pois permitem que você se comunique diretamente com o seu público-alvo, aumente a sua visibilidade e fortaleça a sua marca. Você pode usar as redes sociais para divulgar os seus serviços de saúde, compartilhar o seu conteúdo, interagir com os seus seguidores, gerar engajamento e criar uma comunidade fiel em torno do seu negócio.

Algumas dicas para usar as redes sociais de forma eficaz são:

  • Escolha as redes sociais mais adequadas para o seu público-alvo e para o seu tipo de conteúdo. Por exemplo, o Instagram e o TikTok são ótimas opções para conteúdos visuais e criativos, enquanto o LinkedIn e o Twitter são mais indicados para conteúdos profissionais e informativos.
  • Crie um perfil profissional, com uma foto ou logo de qualidade, uma descrição clara e objetiva, um link para o seu site e informações de contato.
  • Publique conteúdo de valor, que seja útil, relevante e interessante para o seu público-alvo. Você pode variar entre posts informativos, educativos, inspiradores, divertidos, promocionais e interativos.
  • Mantenha uma frequência de postagem, que seja compatível com a sua disponibilidade e com a expectativa do seu público. Você pode usar ferramentas como o Buffer, o Hootsuite ou o MLabs para programar as suas postagens com antecedência.
  • Interaja com os seus seguidores, respondendo aos seus comentários, mensagens e feedbacks. Você também pode incentivar a participação do seu público, fazendo perguntas, enquetes, quizzes e sorteios.
  • Monitore os seus resultados, utilizando as ferramentas de análise das próprias redes sociais ou ferramentas externas como o Google Analytics ou o Social Blade. Você pode acompanhar métricas como alcance, impressões, cliques, curtidas, comentários, compartilhamentos e conversões.

Aposte no tráfego pago

O tráfego pago consiste em rodar anúncios em diferentes plataformas, como Facebook, Instagram, TikTok, Twitter e Google. Esta é a forma mais rápida de alcançar clientes em potencial. Mas para isso, é preciso possuir um orçamento inicial.

Cada plataforma conta com as suas próprias características, vantagens e desvantagens. Você deve escolher as plataformas que mais se adequam ao seu público-alvo, ao seu orçamento e ao seu objetivo.

Algumas dicas para usar o tráfego pago de forma eficaz são:

  • Defina o seu objetivo, que pode ser gerar reconhecimento, tráfego, leads, vendas ou fidelização.
  • Defina o seu orçamento, que pode ser diário, semanal ou mensal. Você deve ter em mente o quanto você está disposto a investir e qual o retorno esperado.
  • Defina o seu público-alvo, que pode ser segmentado por critérios como idade, gênero, localização, interesses, comportamento e intenção de compra.
  • Crie anúncios criativos, que chamem a atenção do seu público e despertem o interesse pelos seus serviços de saúde. Você pode usar imagens, vídeos, textos, áudios ou carrosséis para mostrar os seus diferenciais e benefícios.
  • Insira elementos de conversão, como botões de chamada para ação, formulários de contato ou de agendamento online, cupons de desconto ou ofertas exclusivas.
  • Teste diferentes versões dos seus anúncios, alterando elementos como cores, fontes, títulos, descrições e imagens. Você pode usar ferramentas como o Google Optimize ou o Facebook Ads Manager para fazer testes A/B e descobrir quais anúncios têm melhor desempenho.
  • Monitore os seus resultados, utilizando as ferramentas de análise das próprias plataformas de anúncio ou ferramentas externas como o Google Analytics. Você pode acompanhar métricas como custo por clique (CPC), custo por mil impressões (CPM), custo por aquisição (CPA), taxa de conversão (CR) e retorno sobre o investimento (ROI).

Invista em SEO

SEO (Search Engine Optimization) é o conjunto de técnicas que visam melhorar o posicionamento do seu site nos resultados orgânicos dos mecanismos de busca, como o Google ou o Bing. Ao investir em SEO, você pode aumentar o tráfego qualificado para o seu site, ou seja, atrair pessoas que estão realmente interessadas nos seus serviços de saúde.

Algumas dicas para melhorar o seu SEO são:

  • Faça uma pesquisa de palavras-chave, que são os termos que os usuários digitam nos mecanismos de busca para encontrar informações sobre saúde. Você pode usar ferramentas como o Google Keyword Planner, o SEMrush ou o Ahrefs para descobrir quais são as palavras-chave mais relevantes e competitivas para o seu nicho.
  • Otimize os elementos on-page do seu site, que são aqueles que estão dentro das suas páginas. Por exemplo: títulos, subtítulos, meta tags, URLs, imagens, vídeos, links internos e externos. Você deve inserir as suas palavras-chave nesses elementos de forma natural e estratégica.
  • Otimize os elementos off-page do seu site, que são aqueles que estão fora das suas páginas. Por exemplo: backlinks (links que apontam para o seu site a partir de outros sites), autoridade de domínio (a reputação do seu site na internet) e redes sociais (o engajamento do seu público nas suas plataformas).
  • Produza conteúdo de qualidade, que seja original, relevante e atualizado. O conteúdo é um dos fatores mais importantes para o SEO, pois é ele que vai atrair e reter os visitantes no seu site. Além disso, o conteúdo deve ser bem estruturado, com títulos, subtítulos, listas, imagens e vídeos que facilitem a leitura e o entendimento do usuário. 

Faça parcerias com influenciadores e mídias

Os influenciadores digitais e as mídias são pilares fundamentais do marketing digital. Youtubers, instagramers, tiktokers, sites e produtores de conteúdo em geral que possuem um público estabelecido podem ajudar muito o seu negócio a alcançar novos pacientes.

Busque por influenciadores que se encaixem na visão da sua marca. Você pode focar em mídias de nicho, que possuem um público alinhado com o seu, ou com marcas mais gerais, onde é possível atrair um público novo não familiarizado com o nicho da saúde.

Anunciar em mídias de saúde pode ter um custo alto, visto que o CPM (Custo por Mil Views) do setor é um dos mais elevados do mercado.

Entre as formas mais comuns de anúncio com mídias estão:

  • Publicação nas redes sociais
  • Banners em sites
  • Tráfego pago no perfil da mídia contratada

Utilize o email marketing

O email marketing é uma das formas mais tradicionais e efetivas de se comunicar com o seu público-alvo. Você pode usar o email marketing para enviar newsletters informativas, ofertas especiais, lembretes de consultas, pesquisas de satisfação, dicas de saúde e muito mais.

Algumas dicas para usar o email marketing de forma eficaz são:

  • Crie uma lista de contatos segmentada, que seja composta por pessoas que deram o 

seu consentimento para receber os seus emails. Você pode captar os emails dos seus visitantes no seu site, nas suas redes sociais ou nos seus eventos.

  • Escolha uma ferramenta de email marketing confiável, que ofereça recursos como templates personalizáveis, automação de envios, testes A/B e análise de resultados. Algumas opções são o Mailchimp, o ActiveCampaign ou o RD Station.
  • Elabore títulos atrativos, que chamem a atenção do seu público e despertem a curiosidade para abrir o seu email. Você pode usar perguntas, números, emojis ou palavras-chave relacionadas ao seu conteúdo.
  • Produza conteúdo de valor, que seja útil, relevante e interessante para o seu público-alvo. Você pode variar entre conteúdos informativos, educativos, inspiradores, divertidos, promocionais e interativos.
  • Insira elementos de conversão, como botões de chamada para ação, links para o seu site ou para as suas redes sociais, formulários de contato ou de agendamento online.
  • Respeite a frequência de envio, que seja compatível com a sua disponibilidade e com a expectativa do seu público. Você pode enviar emails diários, semanais ou mensais, dependendo do seu objetivo e do seu conteúdo.
  • Monitore os seus resultados, utilizando as ferramentas de análise da própria ferramenta de email marketing ou ferramentas externas como o Google Analytics. Você pode acompanhar métricas como taxa de abertura, taxa de cliques, taxa de conversão e taxa de rejeição.

Ofereça atendimento de qualidade

De nada adianta ter uma ótima estratégia de marketing digital se você não oferecer um atendimento de qualidade aos seus pacientes. O atendimento é um dos fatores que mais influenciam na satisfação e na fidelização dos seus clientes. Você deve tratar os seus pacientes com respeito, cordialidade e empatia, além de esclarecer todas as suas dúvidas e expectativas.

Algumas dicas para oferecer um atendimento de qualidade são:

Tenha uma equipe treinada e capacitada para atender os seus pacientes com eficiência e profissionalismo. Você pode investir em cursos, palestras e workshops para aprimorar as habilidades da sua equipe.

Utilize ferramentas tecnológicas para facilitar o atendimento dos seus pacientes. Você pode usar sistemas de gestão online, aplicativos móveis, chatbots ou WhatsApp Business para agilizar o agendamento, o pagamento e o pós-venda dos seus serviços de saúde.

Personalize o atendimento dos seus pacientes, mostrando que você se importa com eles e que conhece as suas necessidades. Você pode usar o nome do paciente, enviar mensagens personalizadas, oferecer brindes ou descontos especiais.

Peça feedback dos seus pacientes, para saber como foi a experiência deles com os seus serviços de saúde. Você pode enviar pesquisas de satisfação por email ou por SMS, ou solicitar avaliações online em sites como Google Meu Negócio ou Yelp.

Resolva os problemas dos seus pacientes, caso eles ocorram. Você deve estar preparado para lidar com possíveis reclamações, insatisfações ou imprevistos. Você deve ouvir os seus pacientes com atenção, pedir desculpas pelo transtorno e oferecer uma solução rápida e efetiva.

Analise os resultados

Analisar os resultados é fundamental para avaliar a eficácia das suas estratégias de marketing digital. Para isso, você precisa definir os seus objetivos, as suas metas e os seus indicadores de desempenho. Você também precisa acompanhar os seus resultados periodicamente, utilizando ferramentas de análise como o Google Analytics, o Google Search Console ou o Facebook Insights.

Alguns exemplos de objetivos, metas e indicadores que você pode usar são:

  • Aumentar o número de visitantes no seu site em 20% em 6 meses. Indicador: tráfego orgânico e pago.
  • Aumentar o número de seguidores nas suas redes sociais em 10% em 3 meses. Indicador: número de seguidores, curtidas, comentários e compartilhamentos.
  • Aumentar o número de agendamentos online em 15% em 6 meses. Indicador: número de formulários preenchidos, ligações recebidas e emails enviados.
  • Aumentar o número de pacientes fidelizados em 10% em 12 meses. Indicador: taxa de retenção, taxa de recompra e taxa de indicação.

Ao analisar os seus resultados, você pode identificar o que está funcionando bem e o que precisa ser melhorado nas suas estratégias de marketing digital. Você também pode testar novas ideias e comparar os seus resultados com os dos seus concorrentes. 

Acompanhe as tendências

Para se destacar no mercado, é importante estar atento às novas tendências, casos de sucesso e inovações. Dessa forma, uma boa pesquisa de marketing pode ajudar o seu negócio a melhorar ou desenvolver novos serviços de saúde.

Por exemplo, a telemedicina e a saúde digital cresceram exponencialmente nos últimos anos, com muitos médicos e profissionais da saúde oferecendo consultas, diagnósticos e tratamentos online. Essa modalidade traz benefícios como maior comodidade, acessibilidade e economia para os pacientes e para os profissionais.

Um grande exemplo foi a Doctoralia, maior plataforma de saúde online do Brasil, que foi avaliada em mais de R$ 1 bilhão em sua fusão com a DocPlanner. A plataforma conecta mais de 30 milhões de pacientes com mais de 130 mil médicos e profissionais da saúde por mês.

Conclusão

A internet é um mar gigantesco, onde bilhões de pessoas navegam todos os dias. A função de uma estratégia de marketing é atrair a atenção do público que precisa dos seus serviços de saúde. Para isso, você precisa usar as ferramentas certas, produzir conteúdo de qualidade, estar presente nas redes sociais, investir em SEO, fazer parcerias com influenciadores e mídias, utilizar o email marketing, apostar no tráfego pago, oferecer atendimento de qualidade, analisar os resultados e acompanhar as tendências.

Sabemos que isso pode parecer muito complexo e trabalhoso, mas não se preocupe. Nós estamos aqui para te ajudar. Somos uma agência especializada em marketing digital. Temos uma equipe qualificada e experiente que pode criar uma estratégia personalizada para o seu negócio.

Entre em contato conosco hoje mesmo e faça um orçamento sem compromisso. Estamos ansiosos para te atender! 😊

Escanear o código